Vereador diz que ex-prefeito envergonha o povo de Santa Terezinha

290

Foi realizada na tarde / noite dessa sexta-feira (16), a sessão ordinária na Câmara Municipal de Vereadores de Santa Terezinha (PB).

Em seu discurso o vereador Edcarlos Soares (DEM), parabenizou os jornalistas Josley Oliveira e Jordan Bezerra pelo Dia do Repórter, comemorado no dia 6 de fevereiro. O parlamentar também parabenizou o padre Erivaldo Alves e o seu irmão Edmilson (eles são gêmeos), pelos 43 anos de vida. Parabenizou o padre Erivaldo Alves que completa 12 anos de sacerdócio e convidou os colegas para a missa em ação de graças que será celebrada neste sábado, às 17h na igreja matriz, em Santa Terezinha. Parabenizou os funcionários públicos municipais que foram efetivados durante concurso público em 1997 e estão comemorando 21 anos de atividades ao povo santerezinhense.

Falou da visita ao Assentamento Nego Fuba, na oportunidade inspecionou com a prefeita Terezinha de Zé Afonso, com o secretário de Agricultura Marlos Lúcio, com o vereador Pedro Sopa, a obra em parceria da prefeitura com o INCRA que levará água encanada para 30 famílias daquela região. Ele citou o interesse da prefeita Terezinha e do deputado federal Benjamin Maranhão (SD) que tem trazido grandes benefícios para o homem do campo, como a perfuração de vários poços artesianos.

Disse que as aulas da rede municipal de ensino iniciarão no dia 19 de fevereiro e as atividades da creche no dia 26 de fevereiro. Ele afirmou que os ônibus escolares foram revisados.

Anunciou que os cortes de terra foram iniciados e a prefeitura locou quatro tratores, além do trator da prefeitura que irão servir as comunidades rurais.

Ele citou que o ex-prefeito Arimatéia Camboim (PSB) falou em seu nome na imprensa, dizendo que o parlamentar envergonha o povo de Santa Terezinha. Sem arrodeio, Edcarlos comunicou quem envergonha o município é o ex-gestor que transformou a Administração em um caos e citou alguns exemplos: não pagou o PMAQ aos funcionários da Saúde, não pagou o retroativo aos professores, abriu e fechou o CAPS, abandonou o município quando perdeu a eleição por uma diferença de 416 votos.

Josley Oliveira