Policial

Polícia Civil deflagra operação e prende suspeitos de homicídios e tráfico de drogas em Patos

A Polícia Civil da Paraíba, por meio da 15ªDSPC/Patos deflagrou, na manhã desta quarta-feira (7), a “Operação Hanói”, com o objetivo de cumprir 11 mandados de prisão e 17 mandados de busca e apreensão domiciliar, expedidos pelo Juízo da 6ª Vara de Patos.

Durante a operação, foram presos Nayara Paloma dos Nascimento; Severino Félix da Silva Neto, vulgo “Biu dos Viados”; Gleidson Tavares de Lima Freitas, vulgo “Cabeludo”; Joseane de Brito Oliveira (Joseane); Ramonilson Lima da Silva, vulgo “Ramonilson dos Viados”; Danuzia Pereira Viana; Juscelino Alves de Almeida, vulgo “Castelo”; Edson de Sousa Laurentino, vulgo “Etin”; Manoel Douglas dos Santos de Oliveira, vulgo “Dôguinha”; Samuel Aynos Pereira da Silva, vulgo “Samuca”; e José Morais Soares Filhos, vulgo “Morais”.

Durante as buscas domiciliares, foram apreendidos 09 aparelhos celulares/smartphone, uma arma de fogo calibre 12, uma arma de pressão, calibre 5.56, tipo pistola, com algumas munições, uma pequena quantidade de cocaína, além de uma pequena quantia de dinheiro em espécie.

A operação deu cumprimento a outros mandados judiciais prendendo mais 05(cinco) indivíduos em flagrante delito, na cidade de Pombal/PB, em posse de aproximadamente 2,5kg de maconha.

A “Operação Hanói” decorreu de duradoura investigação criminal da Delegacia de Homicídios de Patos, iniciada há aproximadamente 01(um) ano, sendo realizadas diversas ações repressivas pela Polícia Civil ao longo da investigação, a exemplo de apreensão de cerca de 5 kg de entorpecentes, motocicletas recuperadas, pequena quantidade de cocaína, 02 armas de fogo e oito prisões flagranciais, ocorridas durante o período de investigação.

A operação contou com a participação de 65(sessenta e cinco) policiais civis da Paraíba e 22(vinte e duas) viaturas, de várias regiões do estado.

O nome da operação policial guarda relação com a cidade de Hanói, capital do Vietnã, numa referência à Guerra do Vietnã, em cuja oportunidade as forças de segurança vietnamita esfacelaram o exército americano, que tentou tomar o poder naquele país.

O delegado Gaudêncio Jerônimo Neto, titular da DH/Patos acrescentou que as ações qualificadas de repressão continuarão no Vale das Espinharas, ao tempo em que agradeceu a população pelo uso do DISK 197, responsável por várias denúncias anônimas colaborativas com as investigações policiais.

Fonte: Folha Patoense com 15ªDSPC/Patos (15ª Delegacia Seccional de Polícia Civil/Patos)

Deixe seu comentário

Mostrar mais
Botão Voltar ao topo
Fechar