Prefeito de São José do Sabugi foi candidato único e também fez toda bancada da Câmara

42

A cidade de São José do Sabugi, no Sertão paraibano, teve um só um candidato a prefeito nas eleições 2020, de acordo com os dados do Tribunal Superior Eleitoral (TSE). O atual prefeito, Segundo Domiciano (DEM), que todos pensavam que não se dedicaria tanto ao processo, por precisar apenas de seu próprio voto para ser eleito, caiu na rua e obteve uma votação expressiva e formou uma expressiva bancada de vereadores.

Domiciano e seu atual vice-prefeito, Tantico (Cidadania), obtiveram 3. 218 mil votos, 91,58% dos votos válidos. E não foi somente no executivo que o prefeito mostrou seu empenho as nove vagas da Câmara Municipal serão ocupadas por correligionários: todos são filiados ao Democratas.

Segundo a plataforma DivulgaCand, do TSE, foram feitas quatro convenções partidárias no município este ano. O PT e o PSDB, em suas convenções, optaram por não lançar nenhum candidato a prefeito nem a vice-prefeito. Já o DEM e o Cidadania resolveram concorrer coligados. Em 2016, a chapa eleita concorreu apenas com outra chapa, encabeçada por Karine Cabrall (PSD).

Conforme a Lei das Eleições, um candidato precisa, para ser eleito, de 50% dos votos válidos mais um. Votos brancos e nulos não contam como válidos. No caso de municípios com apenas um concorrente, basta um único voto válido para que o candidato seja eleito. Na prática, portanto, Domiciano só precisava do próprio voto para assegurar mais quatro anos de mandato.

PBAgora