Polícia divulga detalhes da captura de suspeitos de atirar contra a residência de sargento da Polícia Militar

29

Nesta segunda-feira por volta das 06h, após diversos disparos de arma de fogo efetuados contra a residência de um policial militar atuante e que estava em repouso, no município de São José do Sabugo/PB, a Policia Civil e a Polícia Militar da Paraíba, por seus bravos policiais lotados na 15aAISP, se mobilizaram em pronta resposta com o objetivo de identificar, localizar e prender os autores de tamanha ousadia, já que restou definido que a motivação dos disparos foi anterior atuação legítima e licita do referido policial militar no exercício funcional.

As diligências se estenderam ao longo de todo o dia, percorrendo as cidades de São José do Sabugi-PB, Santa Luzia-PB, Ouro Branco-RN, Parelhas-RN e Jardim do Seridó-RN. Durante a operação policial, que contou com diversas unidades policiais da PCPB e da PMPB, o objetivo foi totalmente alcançado com a prisão dos nacionais R.A.P.S., 19, G.M.A., 34, e E.B.S., 28, na zona rural de São José do Sabugi/PB.

Na ocasião da prisão, foram apreendidos um revólver .38, uma pistola calibre 7,65, uma espingarda calibre .16, uma espingarda de fabricação artesanal e uma espingarda de chumbinho que foi adaptada para uso com munição .22, todo material encontrado na posse dos conduzidos. Os presos foram apresentados ao delegado plantonista da Central de Polícia Civil de Patos, o qual autuou os conduzidos pela prática de associação criminosa, disparo de arma de fogo e posse ilegal de arma de fogo, para em seguida serem encaminhados à cadeia pública de Santa Luzia/PB, onde aguardarão o chamamento judicial.

A polícia paraibana demonstrou união e proatividade no combate à criminalidade, demonstrando a necessidade de respeito às instituições públicas e que a ousadia criminosa não tem espaço por força da integração policial da Paraíba.

Patos Online com Assessoria