“Essa é a hora, mais do que nunca, de nos unirmos para salvar o maior número possível de vidas”, diz João Azevêdo após colapso da saúde no Amazonas

43
Governador João Azevedo

O governador João Azevêdo se pronunciou sobre o colapso do sistema de saúde em Manaus, no Amazonas. Em publicação nas redes sociais nesta quinta-feira (14), João Azevêdo reforçou a importância da solidariedade.

“O Amazonas vive uma situação extremamente difícil e essa é a hora, mais do que nunca, de nos unirmos para salvar o maior número possível de vidas. A Paraíba tem um sistema de saúde eficiente, profissionais qualificados e não poderíamos deixar de prestar esse gesto de humanidade, de solidariedade. Precisamos vencer juntos esse inimigo que tem causado tanta dor. Somos paraibanos, somos brasileiros, somos o mesmo povo e, nesse momento, a população amazonense precisa de nós”, disse João Azevêdo.

O Secretário de Saúde da Paraíba, Geraldo Medeiros, confirmou ao ClickPB nesta quinta-feira que dez pacientes em tratamento contra Covid-19 em Manaus serão transferidos para João Pessoa.

A transferência ocorre em decorrência da falta de oxigênio nas unidades hospitalares em Manaus. No estado do Amazonas, o governador decretou a proibição de circulação de pessoas entre 19h e 6h para diminuir os casos. Em dezembro, manauenses fizeram passeatas e protestos contra lockdown. O estado vizinho, Pará, proibiu a entrada de barcos de passageiros vindos do Amazonas.

Além de Manaus, oito estados em todo o Brasil tem mais de 80% das UTIs ocupadas devido a Covid-19.

Clickpb